Translate

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

E o que é laringomalácia afinal?

Superada a parte de decorar o nome laringomalácia vem a difícil parte de entender o que realmente acontece. Vamos assumir que de cara conseguimos entender o óbvio: LARINGO = laringe e MALÁCIA = moleza. 


Entendido? Sim! Ou melhor, não... Pera!!! 


Vou começar esse post com essa imagem de quando fiz a página do Facebook. Foi a imagem mais bacana que eu vi, naquela época, no quesito ilustrar o que acontece de diferente com nossos bebês:


Vivendo com Laringomalacia



A laringomalácia pode ser definida como uma condição onde a cartilagem da laringe, por ser mais mole, entre em colapso (fique estreita) após a inspiração. Sua origem ainda é desconhecida. Considera-se como causa mais provável a hipotonia (diminuição do tônus muscular) e a falta de controle neuromuscular das estruturas da laringe¹. Atualmente a teoria mais aceita descreve a laringomalácia como conseqüência de um sistema neurológico imaturo². 
A LM geralmente se manifesta por volta da segunda semana de vida e tem como característica o estridor. A intensidade desse ruído nem sempre está relacionada com a gravidade do quadro. Os bebês com laringomalácia, além do estridor, poderão apresentar dificuldades respiratórias, na alimentação e no crescimento.

Vivendo com Laringomalácia


Pode ocorrer uma piora nos sintomas entre 04-08 meses. A melhora normalmente acontece dos 12 aos 18 meses. Na maioria das crianças, não será necessária nenhuma intervenção cirúrgica². 

Quando o Dudu fez a videonasofibroscopia (endoscopia respiratória), que é aquele momento que a gente acha que vai conseguir entender tudo que está acontecendo, eu estava tão preocupada e nervosa que não fui capaz de absorver muita coisa. Nem de perguntar nada! Não agregou muito sobre o conceito de LM pra mim 😕 Infelizmente eu não tive acesso a cópia do exame para poder revê-lo. 

✅ A laringomalácia e o aspirador


Essa foi a explicação que fez com que eu conseguisse entender melhor o conceito de LM na época do diagnóstico. 

Nosso gastro, além de ter sido fundamental para a melhora do Dudu, foi a pessoa que conseguiu me dar a melhor explicação do "que é a laringomalácia" (leigo mode) quando tudo ainda era muito nebuloso na minha cabeça. Quero aproveitar para deixar registrado o meu muito (muito) obrigada pelo carinho e cuidado que ele tem conosco. 


Imagine que a laringe do bebê é como um cano/mangueira de aspirador:


Vivendo com Laringomalácia
Vou usar a imagem de um cano de piscina porque foi a melhor que achei no Google hoje hehe

Então alguém pisa em cima dela ela (amassa). Bom, não achei uma imagem de mangueira amassada mas acredito que, guardada as devidas proporções, era mais ou menos assim que ela seria:

Vivendo com Laringomalacia
Ok, ok... Vamos considerar que a malácia dessa mangueira é grave 😕😶

Tudo isso explica (de forma simples, claro) mais ou menos o que acontece quando ocorre o tal colapso na inspiração. Para nós, que somos leigos, fica bem mais fácil entender o que acontece lá dentro. Sim, ilustrar é preciso📝 

Então podemos dizer que a laringomalácia resulta em uma obstrução parcial das vias aéreas³. E isso que causa ruído que ouvimos nos nossos bebês após a inspiração: o estridor.
Vivendo com Laringomalácia

E no que ela impacta exatamente? Bom, na maioria dos casos o bebê terá apenas o estridor, sem outros problemas mais graves. Na grande maioria dos casos (mais de 90%) a laringomalácia se resolve sozinha, com o passar do tempo e o crescimento do bebê, sendo necessário apenas o acompanhamento médico e a observação da criança. 

Algumas crianças podem apresentar dificuldades de alimentação (engasgos) relacionados a LM. Mas se a gente considerar que todos os bebês tem que aprender a coordenar a respiração, sucção e deglutição (ufa!) é bem pertinente que eles possam se atrapalhar tendo mais a questão da LM pra administrar junto com tudo isso. Por isso é super importante que você tenha ainda mais cuidado com a pratica de fazer o pequeno arrotar e/ou manter ele em pé por um bom tempo após todas as mamadas. Isso vai ajudá-lo bastante. 

Converse com seu médico a respeito de outros profissionais que podem contribuir no tratamento do seu filho. Um bom fonoaudiólogo e/ou um bom fisioterapeuta podem fazer muita diferença na vida de vocês. 

A cirurgia é o tratamento de escolha se a condição for grave. Com exceção dos casos graves, dificilmente  existirá um nível de obstrução que coloque seu bebê em risco. Pergunte para o médico os sinais de gravidade aos quais você deve estar atento. O tratamento do refluxo também pode ajudar no tratamento de casos leves/moderados de LM. A acidez do estômago (que volta com o refluxo) pode fazer com que a laringe (que é vizinha do esôfago) fique mais inchada/irritada - o que consequentemente piora os sintomas da LM. 

Vivendo com Laringomalácia

Imagens com textos explicativos by Dr Vitor Chen

Abaixo (após as imagens), listei textos interessantes com abordagem mais científica para os curiosos de plantão. São artigos médicos portanto são um "plus". Leiam com o objetivo de aprender mais sobre o assunto e ficar mais confiante sobre o prognóstico do seu filho. Como não é uma coisa direcionada a pessoas leigas pode deixar a gente confuso então "aprecie com moderação". 


Acho válido sempre buscar mais informações. Se tratando de publicações científicas, se você captar o objetivo que eu proponho aqui (aprender mais sobre a LM), vai reafirmar coisas que falamos muito nos grupos & blog: que a maioria dos casos requer apenas um bom acompanhamento, que para casos em que é indicada cirurgia é um procedimento considerado seguro quando feita por um especialista, etc. Então a sugestão aqui é: aprenda a usar a informação a seu favor. 


ATENÇÃO
Todo conteúdo que disponibilizamos é meramente informativo. O diagnóstico e a condução do tratamento só devem ser feitos pelo seu médico!!! Textos e comentários NÃO SUBSTITUEM a consulta médica. Se você acha que o bebê está com problemas para respirar, chame a SAMU ou procure o pronto atendimento!


👉 Dúvidas?!




Vivendo com Laringomalacia


Vivendo com Laringomalacia


Vivendo com Laringomalacia


Vivendo com Laringomalacia


Vivendo com Laringomalacia


Vivendo com Laringomalacia

Laringomalácia: Abordagem e conduta clínico-cirurgica 
http://www.iapo.org.br/manuals/VI_Manual_br_Ospina.pdf

O tratamento da laringomalácia: experiência em 22 casos

http://www.scielo.br/pdf/rboto/v71n3/a11v71n3.pdf

💬 Glossário
Colapso: depressão/achatamento de um orgão ou canal
Comorbidades: são doenças que podem coexistir e/ou estarem relacionadas
Glote: estrutura anatômica localizada na porção final da laringe com a função de saída e entrada de ar para os brônquios e pulmões
Inspiração: é o processo de sugar o ar para dentro do organismo para depois liberá-lo para fora do corpo através da expiração realizando um ciclo respiratório. 


Tem mais alguma dúvida? Entre em contato com a gente 📞
(51) 99304-2159 - [email protected]



Publicado em 11/08/2017
 Revisado em 19/02/2019

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas idéias, experiências e o que mais tiver vontade =)