Translate

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Como dar a medicação pro bebê

Antes mesmo de escrever sobre a história do Dudu, minha motivação pra fazer alguma coisa no sentindo de página e blog, sempre foi inspirada na ideia de fazer um tutorial de "como diluir o remédio para o bebê". Eu nunca consegui usar a tal seringa para dar o remédio e tinha milhares de dúvidas sobre como diluir a medicação. Achava que poderia ser um serviço de utilidade pública.

O uso de medicações para o refluxo é linha de tratamento muito válida para crianças com LM. O médico poderá prescrever esse tratamento mesmo nos casos em que a doença do refluxo (conhecida como DRGE) não esteja presente. 


O objetivo é a melhora dos sintomas da laringomalácia através da redução ou prevenção de qualquer grau de refluxo. Isso inclui o refluxo fisiológico (aquele que não é considerado uma doença), que ocorre com certa frequência nos bebês pequenos. Você pode ler mais sobre isso aqui



Esse guia foi feito para medicamentos que podem ser diluídos em água, como  o Losec Mups e o Nexium. Atenção para as recomendações dadas pelo seu médico porque não são todos os remédios que podem ser administrados dessa forma.

Então, para prosseguir, leia atentamente a prescrição do seu especialista. 

As imagens aqui são reais do preparo da medicação do Dudu 😊

1-  Duas colheres de cafezinho
Vivendo com Laringomalacia


2 - Coloque um pouco de água em uma das colheresVivendo com Laringomalacia

3 - Ponha o comprimido na água (ela deverá cobrir todo o medicamento)

Vivendo com Laringomalacia

4 - Deixe descansando por mais ou menos 05 minutos. Cuidado para não esquecer o medicamento na água - ele poderá perder suas propriedades.
Vivendo com Laringomalacia

5 - Desmanche o comprimido gentilmente com a outra colher. Note que não tem que esmagar. Apenas desmanchá-lo suavemente.Vivendo com Laringomalacia

6 - Eles costumam ficar com esse aspecto granulado. É importante saber que não é necessário que você desmanche completamente os grãos. Dando aos poucos, com jeitinho e paciência. Seu bebê vai aprendendo a tomar numa boa. 
Vivendo com Laringomalacia


7 - Utilizar duas colheres pode ajudar muito. Você poderá fracionar a quantidade de medicação. Facilitar para a criança engolir, ajuda a prevenir engasgos e perdas de medicação (caso a colher seja derrubada).
 Vivendo com Laringomalacia



Extras!!!


Vivendo com Laringomalacia
Olha o aviãozinho 😋


Vivendo com Laringomalacia
Esse foi um dia bom 😆

Vivendo com Laringomalacia
😍😍😍😍
Vivendo com Laringomalacia
Ta-dááááá!!!

Dicas importantes:

Eu usei um comprimido porque o Dudu tomava dessa forma. A dose será sempre de acordo com a prescrição do seu médico: um comprimido, meio comprimido e por aí vai. A dose prescrita varia de criança para criança e a apresentação do remédio (mg/comprimido) também. 

Não esqueça de se certificar de que o médico orientou que o medicamento fosse diluído em água. Determinados remédios (como o omeprazol genérico, por exemplo) demandam uma administração diferenciada para que sejam efetivos. 

👉 Preste muita atenção, além da forma de administração, 
no horário que ele deve ser tomado. Geralmente a maior parte dos remédios desse tipo é feita na primeira hora da manha com o bebê em jejum. Mas isso não é uma regra. Portanto siga as sempre as orientações do seu médico.
  
Note que a orientação do médico se torna imprescindível pois, de acordo com a faixa etária e o que o seu bebê come, esse jejum pode variar. Por exemplo: um bebê que mama exclusivamente no peito fica com o estômago vazio mais rapidamente. Isso significa que mesmo que esses bebês mamem a noite toda (sem grandes intervalos) o jejum para eles será um intervalo menor.

 
👉 Tanto para o horário que você vai dar o remédio para seu bebê quanto para o tempo de molho do comprimido, vale a pena colocar aquele alarme pra que você não se esqueça. Pode parecer bobo, mas ajuda até que você se acostume com o ritual. 

👉 Não se desespere se no início não for muito fácil: eles cospem (inclusive quando bem pequenos). Também tem dias em que o bebê não esta colaborativo, mesmo depois de acostumado a rotina da medicação. Converse com o seu médico sobre o que ele considera perda da dose. Pode (e vai) acontecer de um pouco do remédio ser derramado ou cuspido e você não precisa entrar em pânico por causa disso. A técnica das duas colheres eu instituí justamente para controlar um possível tapa na colher. Aconteceu comigo e foram várias vezes 😆
👉 Outra coisa que eu costumo fazer é experimentar um pouquinho (bem pouquinho) do remédio para ter noção do que estou dando para o bebê. Tentar se manter zen durante o processo, vai tornar esse momento mais agradável para vocês. Lembre-se que se você estiver confiante, o pequeno vai sentir isso e certeza vai ajudar muito 😏
O sucesso do tratamento depende muito de como e quando você administra a medicação. 
Siga todas as orientações do seu especialista.


IMPORTANTE

Lembre-se que você não deve administrar nenhum remédio sem que ele seja receitado pelo médico. Cada caso é um caso. Medicar de acordo com a dica da vizinha ou porque você leu num grupo, nem pensar! O que funciona para um pode não ser necessário, não fazer efeito e até mesmo fazer mal para outro. Remédio tem que ser orientado apenas por quem tem autoridade pra isso: o médico. Nunca medique seu bebê por contra própria 😉

ATENÇÃO
Todo conteúdo que disponibilizamos é meramente informativo. O diagnóstico e a condução do tratamento só devem ser feitos pelo seu médico!!! Textos e comentários NÃO SUBSTITUEM a consulta médica. Se você acha que o bebê está com problemas para respirar, chame a SAMU ou procure o pronto atendimento!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe conosco suas idéias, experiências e o que mais tiver vontade =)